O casal Dorvalino Lodi, 73, e Noemi Lodi, 68, perderam a vida nesta quinta-feira, 8, por volta das 13h, em um acidente na PR 182 em Ampére. Os dois estavam em um Escort – placas AFP 7687 de Ampére, que bateu em uma ambulância da prefeitura de Mariopolis com placas AUL 6483.

A colisão ocorreu na entrada da comunidade São Tomas, localidade onde as vitimas residiam. De acordo com testemunhas, o veículo conduzido por Dorvalino se deslocava da comunidade sentido asfalto, e ao entrar na rodovia, se chocou com a ambulância que estava no sentido Francisco Beltrão a Ampére.
O casal morreu na hora e o Corpo de Bombeiros do município teve que utilizar de equipamentos para cerrar as ferragens e retirar os corpos.
A ambulância era conduzida por Ronelis Menegusi, que estava acompanhado pelo enfermeiro Alex Constantini. Os dois tiveram ferimentos leves. De acordo com informações da Prefeitura de Mariopolis, os profissionais de deslocavam para Cascavel, no Oeste do Estado, para buscar um paciente do município que lá estava internado. O prefeito de Mariopolis Neuri Gheler ao saber do acidente no começo da tarde se deslocou para Ampére para prestar apoio aos servidores da administração.
O Instituto de Criminalística de Francisco Beltrão esteve no acidente para a coleta de informações, e posteriormente os corpos de Dorvalino e Noemi foram liberados para o Instituto Médico Legal, também de Beltrão.
fonte: (http://www.blogger.com)