Na tarde de hoje (05/12/2011), em uma Olaria da cidade, a Polícia Civil de Realeza, juntamente com a Promotoria de Justiça e a Vigilância Sanitária, incinerou/queimou drogas que estavam no depósito da Delegacia. Foram queimadas maconha, cocaína e crack, totalizando aproximadamente 08 (oito) quilos.

Com esta incineração, atualmente não há um grama de droga em depósito na comarca de Realeza.
Segundo o Delegado de Polícia da comarca de Realeza, MATHEUS ARAUJO LAIOLA, “ apesar da quantia ser pequena, o mais importante é que a gente não deixa acumular droga em depósito”.
Na comarca de Realeza, um vez apreendida droga, a Polícia Civil  acondiciona a droga em um plástico transparente com lacre numerado, sendo comunicado o Poder Judiciário sobre o número do lacre. Quando a droga é incinerada, este número é conferido pelo Ministério Público. Todo este procedimento é feito para dar ainda mais segurança e lisura na incineração.
Se hoje a quantia de droga incinerada foi pequena, é porque constantemente a Polícia Civil de Realeza realiza incinerações, evitando que a droga fique depositada na Delegacia.
fonte: ( http://www.policiacivilrealeza.com.br)