O primeiro homicídio do ano de 2012 foi registrado em Chopinzinho nesta segunda-feira (09/01). Por volta das 22 horas foi morto a tiros Delírio Petica, 42 anos. Ele estava em um bar, conhecido como Bar da Ana, na Rua Estevão Pires Carneiro, Bairro Nossa Senhora Aparecida, quando foi alvejado por vários disparos de arma de fogo, efetuados por dois homens encapuzados.
Dalírio estava sentado de costas para a rua, o que facilitou a ação dos criminosos.
Foram constatadas em seu corpo sete perfurações, porém a pericia acredita que quatro disparos atingiram a vítima. O corpo foi encaminhado ao IML de Pato Branco. Os disparos que atingiram Delírio foram de revólveres calibre 38. Em frente ao bar seis projéteis desse calibre foram encontrados, todos intactos, possivelmente perdidos pelos autores do crime.
A proprietária do bar, Ana da Maia Gonçalves Santos, que mora numa residência ao lado foi atingida por um disparo nas costas. Ela teria saído da casa quando ouviu os disparos e foi surpreendida pelos criminosos. Ana foi levada ao hospital AP- Saúde, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada desta terça-feira (10/01). Os autores do crime, segundo testemunhas, fugiram a pé e não foram encontrados pela polícia, que realizou buscas pela cidade.
No momento do crime várias pessoas estavam no estabelecimento. Uma delas, José Kanigoski, o Juca, estava sentado ao lado da vítima. “Foi tudo muito rápido, só senti que os tiros passavam bem ao meu lado. Fazia pouco mais de uma hora que estávamos no bar conversando sobre uma pescaria que faríamos nessa terça”, contou. A Polícia Civil deve instaurar inquérito policial para apurar em que circunstâncias do crime, bem como os motivos e autoria.
fonte: (http://www.noticiaspoliciais.com.br)