Entre os dias 02 e 04 de março cinco pessoas foram presas e autuadas em flagrante na delegacia da Polícia Federal de Dionísio Cerqueira (SC), na divisa com o sudoeste do Paraná.

A primeira prisão aconteceu na sexta-feira (02/03), pela manhã, quando foi preso em flagrante por contrabando de cigarros, Marcos Ramos dos Santos, residente em Barracão, no Bairro Vila Capanema.
Na casa onde ele estava foram encontrados 550 pacotes de cigarros contrabandeados do Paraguai. A carga, segundo apurado, pertencia a seu pai, Elias Ramos dos Santos que fazia a distribuição na região.
Também foi apreendido um Del Rey, usado para a distribuição da mercadoria. O caso foi encaminhado a Justiça Federal em Francisco Beltrão.
Na sexta-feira (02/03), à tarde, foi autuado em flagrante Claidemi Ferreira de Carvalho, morador em Matelândia. Ele foi preso por policiais rodoviários federais que executam a operação Sentinela.
Claidemi transportava 143 Kg de maconha. A droga estava escondida dentro de pneus de um trator agrícola que seria levado para o Rio Grande do Sul.
No período noturno foi realizada prisão de Ernesto Neri Pereira Bezerra e Sandro Ramon Gomez, os quais transportavam 120 frascos de lança perfume.
Neri é do Rio de Janeiro e Ramon trabalha como taxista na Argentina. O profissional, assim como outros daquele país, atuam como participantes no crime de contrabando na fronteira. O taxista teria levado Ernesto até a rodoviária de Barracão, de onde seguiria viagem com o produto até o Rio de Janeiro.
Já neste domingo (04/03), ocorreu à prisão de Ederson Telles de Proença, morador em Florianópolis (SC). Sua detenção aconteceu quando embarcava em um ônibus com destino a capital catarinense, levando 600 frascos de lança perfume. Em depoimento a PF, disse que há tempos está levando lança perfume a Santa Catarina, onde vende em festas.
Há poucos dias foi apresentado na Delegacia da PF, por policiais Argentinos, também pela prática de tráfico. Todos os flagrantes desse final de semana foram acompanhados pelo Delegado Marcio Antonio Lelis Anater.
fonte: (http://www.noticiaspoliciais.com.br)