Ezequiel Nunes, 27 anos, acusado de atirar contra uma professora em Dois Vizinhos foi preso pela Polícia Civil nesta sexta-feira (26/10). O mesmo foi encontrado em Rio do Sul (SC), depois de um intenso trabalho de investigação realizado por policiais civis de Dois Vizinhos e Francisco Beltrão.

Ezequiel foi preso na sexta-feira (26), a noite, em um hotel na cidade de Rio do Sul (SC). Ele estava trabalhando como motorista particular e usava um nome falso, identificando-se como Odair Ribeiro Nunes.
Durante a investigação, a polícia descobriu que depois do fato, o acusado esteve nem um Assentamento na cidade de Jardim Alegre, onde trocou o Corsa por um Fiat Uno. Em seguida foi para Santa Catarina. No momento da prisão, negou a atoria dos disparos, mas não soube explicar os motivos que o levaram a fugir da cidade.

ENTENDA O CASO
O fato envolvendo Ezequiel aconteceu no dia 11 de setembro, por volta das 10h30, quando invadiu o Colégio Unisep e atirou contra sua ex-namorada, a professora Edivania Capellett, 31 anos, que lecionava para alunos da 8ª série.
A professora foi atingida por três tiros, na boca, braço e antebraço. Os disparos também feririam uma aluna de 14 anos, que foi atingida de raspão. Depois do fato, Ezequiel fugiu com um Corsa e desde então era procurado pela polícia. Agora, o acusado ficará a disposição da justiça.
fonte: (http://www.diariodainformacao.com.br)