Na noite de sábado (20/10) uma confusão terminou em tragédia no município de Saudade do Iguaçu. Depois de um desentendimento entre dois vizinhos, Ari Balbinot, 40, matou com um golpe de faca na região do abdômen, Ademir Souza dos Santos, 24 anos.

O autor do homicídio se entregou à polícia logo depois e foi encaminhado para a delegacia de Chopinzinho. Segundo Ari Balbinot, ele estava em sua casa e por volta das 21h15min pegou seu celular para mandar uma mensagem para uma “amiga” sua, porém, no momento de adicionar o destinatário, Ari se confundiu e acabou enviando a msg para o celular da esposa da vítima, tendo em vista que os nomes são parecidos.
Logo em seguida, conforme relato do detido, Ademir ligou para o seu celular bastante alterado e perguntando porque ele mandou aquela mensagem para sua esposa. Sem ter tempo de explicar que havia sido um engano, Ari disse que o Ademir desligou o telefone e logo depois bateu na porta de sua casa.
Ao abrir a porta, Ari disse que a vítima estava muito alterado e começou a desacatá-lo e agredi-lo com tapas no rosto e socos. Neste momento, Ari disse que puxou um canivete que tinha no bolso e desferiu um golpe contra Ademir.
Depois disso, Ademir saiu correndo pela rua e quando chegou na Avenida Iguaçu, não aguentou e caiu, pois, estava sangrando muito. A Polícia Militar chegou logo em seguida e a ambulância do posto de saúde conduziu o ferido para o hospital em Chopinzinho, porém, em função da gravidade do ferimento, Ademir não resistiu e entrou em óbito.
Ari Balbinot, disse ainda que fugiu de casa, mas, quando ficou sabendo que a vítima havia falecido, não pensou duas vezes e procurou a polícia de Saudade do Iguaçu para se entregar. “Eu não sou bandido, nunca tive passagens pela polícia. Foi uma tragédia que aconteceu por falta de diálogo, o Ademir era meu amigo, minha esposa cuidava do filho deles, jamais pensei em tirar a vida de alguém, quanto mais de um amigo”, disse Balbinot.
“Tentei explicar que tinha sido um engano, mas ele não deixou falar e começou me agredir, quando percebi que havia mandado a mensagem para a pessoa errada, tentei cancelar, mas, não consegui”, finalizou o detido.
O corpo de Ademir foi encaminhado para o IML de Pato Branco e posteriormente liberado para os familiares. Ari Balbinot está detido e será encaminhado para a 5ª SDP de Pato Branco.
fonte: (http://www.diariodainformacao.com.br)