dormênciaTudo em nosso corpo está interligado com o cérebro. Se a perna, o braço, a bunda fica muito tempo numa posição em que os respectivos nervos ficam comprimidos,  eles deixam de transmitir sinais claros ao cérebro de que estão funcionando bem.

Com a compressão a circulação sanguínea também fica prejudicada o que reflete na falta de oxigênio às células dos músculos que liberam lactato, a mesma substância que dá câimbras.
Esse processo gera a chamada neuropatia periférica. Isso nada mais é do que a perda de  controle do nosso organismo sobre aquele membro. A neuropatia periférica é comum em diabéticos e em gente com a doença de Charcot-Marie-Tooth.
Se o corpo permanecer por mais de 4 horas nessa situação, a consequência  é a gangrena na região afetada. Porém, antes que isso aconteça o lactato provoca dor, como se fosse  um pedido químico de socorro dos músculos. Quando isso ocorre, o cérebro reage mandando-nos a ordem para a mudança de posição. Só depois de alguns minutos a circulação volta ao normal e a perna, o braço ou a bunda acordam.