A gordura localizada no abdômen é implacável para quem falhou no cuidado com a dieta e ainda deixou os exercícios físicos de lado. Correr atrás do prejuízo é difícil, mas não impossível. Se diminuir a gordura localizada no abdômen é sua meta, alguns alimentos podem ajudar: eles aceleram a queima de gordura e combatem o ganho de peso.
Mas, nada de deixar a prática de exercícios de lado! Veja a listinha e providencie nas próximas compras:

Chá verde

Além de interferirem no sistema nervoso central, aumentando a velocidade do metabolismo e  a temperatura corporal, as xantinas (cafeína, teofilina e teobromina) elevam a mobilização de gorduras estocadas. Os polifenóis, também encontrados no chá verde, eliminam radicais livres, o que acaba reduzindo a oxidação de gorduras. Tome uma xícara de chá 30 minutos após as refeições.

Azeite

A ingestão diária evita a formação de gorduras na região da cintura por causa das gorduras monoinsaturadas. Três colheres de sopa por dia do alimento cru são suficientes para colher os benefícios.

Peixes e frutos do mar

Por serem ricos em ômega-3, um ácido graxo essencial, desinflamam as células de gordura, atuando no controle do problema. Também aceleram a transformação da glicose em energia, impedindo que ela seja estocada sob a forma de gordura. O ideal é comer pelo menos três vezes por semana.

Óleos funcionais

Atuam no metabolismo das gorduras, aumentando a quebra dos ácidos graxos para produção de energia e, consequentemente, diminuindo as reservas de gordura do nosso corpo.O óleo de cártamo e o óleo de coco agem também na aceleração do metabolismo. Já o óleo das sementes de gergelim ameniza o armazenamento de gordura corporal através da inibição da enzima fosfodiesterase.

Alimentos probióticos

Alguns lactobacilos fabricam um tipo de gordura, o CLA (ácido linoléico conjugado), que  diminui o porcentual de gordura. Eles também equilibram a flora intestinal. Pesquisas apontam que a absorção inadequada de gorduras no intestino, que ocorre nas pessoas com flora comprometida, pode causar aumento de  peso.

Abacate

Justamente pela sua alta concentração de gorduras benéficas, que promovem a saciedade por mais tempo, o abacate  ajuda a reduzir o peso. Embora com alta concentração de calorias, o abacate é rico em gordura monoinsaturada, que auxila na redução do pico de insulina, hormônio que desencadeia o armazenamento das calorias extras sob a forma de gordura localizada. Recomenda-se comer só três colheres de sopa em dias alternados.

Frutas vermelhas

As frutinhas vermelho-arroxeadas (framboesa, amora, morango, cereja, jabuticaba, melância e uva roxa) têm em suas cascas substâncias fitoquímicas antioxidantes, como a antocianina, que mantém o sistema circulatório eficiente, melhorando a irrigação dos tecidos e, por consequ6encia, ajudando na queima de gordura abdominal. Coma sem adicionar açúcar.