O popular friozinho na barriga nada mais é do que resultado de uma reação de estresse. As tais borboletas no estômago ocorrem nas situações em que todo o corpo está sob alerta e há uma rápida liberação de adrenalina.
Segundo a bióloga Patrícia Gama, coordenadora do Laboratório de Biologia dos Epitélios Digestivos da USP, nestas condições a resposta imediata do nosso organismo é a diminuição da circulação do sangue na área do abdômen. O estômago foca contraído e libera de uma maior quantidade de ácido. Todos esses sinais juntos geram os sintomas de frio na barriga.A sensação pode acontecer em vários momentos: antes de uma apresentação em público, da prova do vestibular ou concurso público, de  uma importante entrevista de emprego ou da decisão de comunicar algo importante a alguém importante.
Se a  ansiedade ou medo persistirem, o corpo tende a atenuar a resposta, mas outros sintomas podem aparecer, como insônia, mãos suadas e taquicardia.