A pouquíssimos dias de se casar com Ellen Cardoso, a mulher moranguinho, o funkeiro Ronaldo Jorge Silva, o Naldo, que está com cerimônia marcada para o dia 23 de setembro, pode se complicar diante da Justiça.
De acordo com o blog do Léo Dias, termina nesta terça-feira (10) o prazo para que o cantor pague R$ 90 mil referentes a três meses de pensão atrasada do seu único filho, Pablo, fruto da união com Branka Silva.

“Caso o pagamento não seja feito nesta terça-feira, será feito um pedido para que o juiz intime-o a pagar o valor em três dias. Se isso não acontecer, será pedida a prisão de Naldo”, disse Thiago Nicolay, do escritório Ricardo Horácio Advogados, que representa os direitos de Branka Silva, em contato com a coluna.

Além disso, existe outro processo nas costas de Naldo. Este de danos morais, onde a ex-companheira pede R$ 400 mil ao cantor. Ainda de acordo com a publicação, Branka irá entrar com uma ação pedindo também uma pensão alimentícia, além da divisão dos bens do patrimônio do funkeiro.

No entanto, os carros luxuosos, a casa onde vive, os bens valiosos, nada disso estaria no nome de Naldo. Ao menos é o que se comenta no meio da música, segundo o blog. Vale lembrar que Naldo segue casado no civil com a ex-mulher, mas uma ação de divórcio já foi movida pelo cantor, embora Branka ainda não tenha sido citada.