A palavra Halloween vem “all hallows eve”, que em português significa “véspera do dia de Todos os Santos”.


Ninguém pode negar as raízes pagãs do Halloween, uma vez que ele se originou de antigas celebrações celtas. A data coincide com o início do Samhain, uma comemoração que marcava o início do ano novo celta, o fim da colheita e o início do inverno – período comumente associado aos mortos.

Os celtas acreditavam que era possível entrar em contato com o mundo dos mortos durante o Samhain. Para eles, o contato liberava todo tipo de espírito, de pessoas mortas a bruxas e demônios. Leite e comida eram usados para acalmar esses espíritos além de que, durante as celebrações, os celtas se fantasiavam com pele e cabeças de animais abatidos.
O Halloween é festejado no Reino Unido, Irlanda, Canadá e, principalmente, Estados Unidos. Recentemente, foi exportado para países como o Brasil.

A abóbora típica do Halloween, com boca e olhos e uma lanterna dentro, é chamada de Jack O’lantern.

A expressão Trick or Treat (“gostosuras ou travessuras”) se originou na Irlanda, onde as crianças iam de casa em casa pedindo provisões para as comemorações do Halloween, em nome da deusa irlandesa Muck Olla. As crianças inglesas continuaram esta tradição, só que vestidas com roupas extravagantes.

Atualmente, o Halloween é comemorado em 31 de outubro por ser véspera do Dia de Todos os Santos e antevéspera do Dia de Finados.

Os irlandeses costumama acender fogueiras no Dia da Bruxas. Assim como Halloween, a tradição das fogueiras é de origem celta.

As cores-símbolo do Halloween são o laranja e o preto.

Pesquisas revelaram que um em cada quatro norte-americanos costuma se fantasias no Halloween e que, destes, 60% são adultos.

Para fazer concorrência à festa do Halloween, autoridades brasileiras criaram o Dia do Saci-Pererê, também festejado em 31 de Outubro.

O Centro de Zoonoses das cidade de São Paulo proibiu a adoção de gatos pretos nas sexta-feiras 13. O objetivo é evitar sacrifícios em rituais de magia. Nos Estados Unidos, a adoção de gatos é normalmente proibida durante o Halloween.