A Polícia Rodoviária Federal prendeu um motorista na manhã de ontem (10), na BR-163, em Realeza. Ele conduzia um veículo GM/Astra carregado com cigarros contrabandeados do Paraguai.


Ao receber ordem de parada o motorista empreendeu fuga dirigindo de maneira perigosa por cerca de dez quilômetros. Mesmo com os pneus perfurados por "cama de faquir" (dispositivo dotado de hastes metálicas) o condutor transitou ainda por cerca de um quilômetro, sendo preso quando adentrou numa plantação de milho.

No interior do veículo foram encontrados aproximadamente 7.000 maços de cigarros contrabandeados do Paraguai. O veículo não possuía o banco traseiro e a mercadoria estava coberta por tecido preto, artifícios usados para aumentar a capacidade de carga e dissimular o transporte, respectivamente.

Os agentes descobriram que as placas usadas pertenciam a outro veículo da mesma marca e modelo. O número do chassi e do motor estava adulterado, porém os policiais conseguiram, por meio de sistemas, descobrir a placa original a qual constou ocorrência de roubo na cidade de Itapema/SC em novembro de 2012.

O veículo ainda possuía rádio comunicador, equipamento usado pelos contrabandistas para alertarem sobre barreiras policias.

O condutor de 32 anos foi encaminhado à Polícia Federal de Cascavel. A mercadoria e o veículo foram encaminhados à Receita Federal de Capanema.
fonte: (www.laercioandre.com.br)