Duas colisões frontais em menos de uma hora aconteceram na madrugada deste sábado (16) na rodovia PR 182, uma em Ampére e outra em Realeza.
Uma viagem de passeio quase se tornou em tragédia em Ampére. Uma colisão frontal na rodovia PR 182, próximo ao Posto São Cristovão, deixou seis pessoas feridas. A ocorrência foi registrada pela Policia Rodoviária Estadual às 3 horas e envolveu uma Van Ducato, com placas de Chapecó (SC) e um Spacefox de São João Batista (SC).

A Van seguia no sentido Ampére a Realeza e iria para o Paraguai com cinco passageiros. O condutor Nedio Miechuanski, 38 anos, contou à reportagem da Rádio Ampére que transitava na sua pista, quando um outro veículo, que vinha no sentido contrário, ultrapassava uma carreta. No local é proibido ultrapassar e mesmo sendo uma reta não existe visibilidade. Ele disse que tentou tirar para o acostamento, mas o outro motorista teve a mesma atitude e os veículos bateram de frente. Os dois veículos tiveram danos de grande monta e a Van, com o impacto capotou e ficou com as rodas viradas para cima.

O condutor do Spacefox, Ronaldo da Silveira, 19 anos, ficou preso às ferragens e foi retirado com ajuda do Corpo de Bombeiros de Ampére. Ele teve ferimentos nas pernas e foi encaminhado ao Pronto Atendimento de Realeza.
Na Van, cinco passageiros tiveram ferimentos leves; Maria Briansini, 48 anos, Keteli Figueira da Silva, 17 anos, Cristiane Briansini, sem identificação da idade, Daniel Bressan, sem identificação da idade, e outro que não teve o nome informado. Todos encaminhados ao Pronto Atendimento de Realeza.

Além dos Bombeiros de Ampére, também estiveram no local o Corpo de Bombeiros de Realeza, SAMU base de Realeza, contando ainda com auxílio de uma ambulância da Prefeitura de Santa Izabel do Oeste e Realeza.
A pista ficou bloqueada por quase uma hora e filas nos dois lados se formaram.

Realeza

Em Realeza, na rodovia PR 182, um acidente aconteceu uma hora depois, às 4 horas, próximo a um posto de combustíveis, no Bairro Industrial.

A colisão frontal envolveu um caminhão Volvo VM 330 6X4R, placas de Francisco Beltrão, conduzido por Wilson José dos Santos Teles, 29 anos. E um carro Chevrolet/GM Monza, placas de Realeza, conduzido por Geraldo Czarnowski, 42 anos.

Geraldo chegou a ser sorrido pelo SAMU e Defesa Civil, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Pronto Atendimento de Realeza. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Francisco Beltrão.

(Com informações e fotos da Rádio Ampére)
Fonte (http://www.radiocluberza.com.br/)