Um homem, que terá sua identidade preservada, deu trabalho as equipes do SAMU e Polícia Militar ontem e hoje (05) em Realeza.


O filho de Javé (o nome de Deus na Bíblia), como ele gritava a todo o momento, entrou no pátio de uma residência no Bairro João Paulo II na tarde de segunda-feira (04), após um surto. A equipe de plantão do SAMU foi acionada, mas devido o homem estar agressivo a Polícia Militar foi solicitada para o apoio a ocorrência.

Após o paciente ser imobilizado, ele foi encaminhado ao Pronto Atendimento Municipal para atendimento.

Na manhã de terça-feira, antes do início do expediente da Prefeitura Municipal, entre 7h00 e 7h30, o homem acompanhado de sua mãe, tentou entrar no prédio, dando pontapés na porta principal.

Ele teve acesso à porta de entrada dos funcionários e iniciou a saga dentro do prédio. Após discursos e gritos, ele seguiu até o terceiro andar, próximo a sala de recepção do gabinete, onde chutou uma porta causando a quebra dos vidros superiores.

Com a chegada da equipe da Polícia Militar e Bombeiros Comunitários, o homem pulou de uma altura de cerca de oito metros, caindo dentro do aquário no térreo da Prefeitura. Ele não se feriu e chegou a matar um peixe, pois caiu em cima do animal.

As equipes iniciaram a negociação para ele sair do aquário. Sempre dizendo que era filho de Javé, após mais de 20 minutos, ele foi convencido, e novamente imobilizado e medicado.

Ele poderá responder pelos danos causados no prédio público.

Fonte (http://www.radiocluberza.com.br/)